Sinpsopetro Niterói se contrapoem a redução salarial prevista pela MP 927/2020

Com a situação do Coronavírus e as medidas do governo através da MP 927/2020, que estende o estado de calamidade pública até o dia 31 de dezembro de 2020, e procura vincular com o conceito de força maior para fins trabalhistas, o que pode levar a aplicação do art. 503 da CLT, que autoriza redução de até 25% dos salários mediante acordo individual, o que evidencia a inconstitucionalidade, pois qualquer redução salarial depende de acordo coletivo ou convenção coletiva.

Presidente do Sinpospetro Niterói aponta inconstitucionalidade Medida Provisória

Diante disso, o SINPOSPETRO Niterói e Região está atento às necessidades e denúncias dos trabalhadores, que se em algum momento tiverem seus salários reduzidos. O presidente do sindicato, Alex Silva, esclarece e lembra que pela Constituição  “a redução do salário é vedada, por ser a subsistência do trabalhador e por se tratar da mais importante contraprestação de sua parte… a Constituição Federal de 1988 elevou o princípio de irredutibilidade à hierarquia maior, só permitindo o arbitramento por convenção ou acordo coletivo (art. 7º, IV). Nem a lei poderá autorizá-lo, face ao texto expresso”.

Alexsandro Santos
Alex Silva | Presidente do Sinpospetro Niterói

Além disso, o acordo coletivo é a nossa maior fonte de direito, e a própria Constituição. Essas medidas anunciadas pelo Governo não prevêem nenhuma participação dos sindicatos nas negociações, então aquela combinação sem participação do sindicato não tem valor jurídico nenhum, e vamos buscar anular todas elas na justiça. 

Acordo coletivo preserva o direito do valor dos salários

O nosso acordo coletivo tem os direitos assegurados, os salários não podem ser reduzidos em função de medidas provisórias, a irredutibilidade salarial está prevista na Constituição da República, que é bem maior do que qualquer MP. Portanto, estamos de olho, para que isso não venha acontecer com nossa categoria, além de toda nossa preocupação com a saúde dos trabalhadores, postos de serviço, temos que ficar atentos a redução salarial, por isso trabalhador, denuncie, se caso isso venha acontecer.”

Faça a sua denúncia de forma anônima, por meio de um dos nossos canais oficiais abaixo.

Compartilhe Este Post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Compartilhe Este Post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Últimos Posts

Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo, de Óleo, Lava Rápido e Loja de Conveniência de Niterói e Região

Sede Niterói

Endereço: Avenida Ernani do Amaral Peixoto , Nº 458, Sala 1002 – Centro – Niterói | RJ

Contatos: (21) 2719-9906 | (21) 96426-3572

Sub-Sede Petropólis

Endereço: Rua Teresa, Nº 608, Sala 161 – Alto da Serra – Petrópolis | RJ

Contatos: (24) 2231-4899 | (24) 99911-2307

Outros Links

Sede Niterói

Endereço: Avenida Ernani do Amaral Peixoto , Nº 458, Sala 1002 – Centro – Niterói | RJ

Contatos: (21) 2719-9906 | (21) 96426-3572

Sub-Sede Petropólis

Endereço: Rua Teresa, Nº 608, Sala 161 – Alto da Serra – Petrópolis | RJ

Contatos: (24) 2231-4899 | (24) 99911-2307