Aconteceu nesta terça-feira(6), a quarta rodada de negociação entre os representantes dos SINPOSPETRO Niterói e Região, RJ e Campos e os patrões, de forma remota. Ainda longe de um acordo, os empresários se negam a conceder a reposição da inflação ao salário do trabalhador, o que é o mínimo e também o exigido por lei para restituição das perdas.

Mortalidade alta entre os trabalhadores de postos

Os dados do Ministério da Economia apontam uma baixa na categoria no período pandêmico de 68%, portanto o setor onde mais trabalhadores morreram. A alta rotatividade no atendimento expõe os profissionais que nem sempre recebem os EPIs necessários à sua proteção. “Os trabalhadores foram abandonados à própria sorte, sem vacinação prioritária, apesar de sua essencialidade comprovada.

Negociação-Salarial-Sinpospetro-Niterói-e-Região
Foto: Orlando Brito

Todos os dias correndo risco de contaminação dele mesmo e da família ao retornar para casa, mas na linha de frente para garantirem o seu sustento e o abastecer veículos de clientes que também não puderam ficar em casa na pandemia”, defendeu o presidente do SINPOSPETRO Niterói e Região, Alex Silva.

Postos de combustíveis nunca fecharam no período da pandemia

Os patrões não apresentaram nenhum estudo ou documento para demonstrar redução de faturamento. Oferecem um índice relativo à metade da reposição da inflação, o que significa redução salarial, pois não repõe sequer o que a lei determina que seja restituído ao trabalhador.

Negociação-Salarial-Sinpospetro-Niterói-e-Região

“Os empresários também não avançaram em nenhuma cláusula social, o que demonstra que não valorizam o trabalhador num momento de pandemia, quando ocorre um grande número de mortes, e este funcionário tem pago com a vida por possíveis prejuízos, que não foram apresentados”, assegurou Alex Silva.

PUBLICIDADE
Agência_Digital_Hype_Comunicação

Reivindicações dos trabalhadores em postos

Os trabalhadores em postos de combustíveis e lojas de conveniência reivindicam:

  • Garantia de pelo menos dois trabalhadores no turno da madrugada e Estabilidade pré-aposentadoria, de pelo manos 1 (um) ano;

  • A próxima rodada de negociação será no próximo dia 21.

  • Siga o nosso facebook

  • Reposição integral da inflação;

  • Alimentação para os trabalhadores que trabalham 12×36 horas;

  • Direto a lanche;

  • Adicional para o caixa;

  • Obrigatoriedade de uma cota mínima de contratação de 30% de mulheres;

  • Garantia de pelo menos dois trabalhadores no turno da madrugada e Estabilidade pré-aposentadoria, de pelo manos 1 (um) ano;

  • A próxima rodada de negociação será no próximo dia 21.

  • Siga o nosso facebook

    • Reposição integral da inflação;

    • Alimentação para os trabalhadores que trabalham 12×36 horas;

    • Direto a lanche;

    • Adicional para o caixa;

    • Obrigatoriedade de uma cota mínima de contratação de 30% de mulheres;

    • Garantia de pelo menos dois trabalhadores no turno da madrugada e Estabilidade pré-aposentadoria, de pelo manos 1 (um) ano;

    • A próxima rodada de negociação será no próximo dia 21.